Vamos lutar, mas deixem Anne Frank em paz

Essa semana mais uma vez a torcida da Lazio esteve nas manchetes, não pelos jogos do campeonato Italiano e um bom futebol jogado, mas por conta de atitudes racistas. Um assunto delicado, pois dessa vez ele usaram a imagem de Anne Frank para provocar a torcida da Roma.

Para quem não conhece, Anne Frank foi uma garota Judia que durante a Segunda Guerra Mundial, teve que se esconder para escapar dos Nazistas. (Saiba mais aqui)

Após o ocorrido as autoridades do futebol italiano, reagindo as manifestações de antissemitismo de torcedores da Lazio, ordenaram que os estádios fizessem um minuto de silêncio em suas próximas partidas enquanto uma passagem do diário de Anne Frank era lido em voz alta.

Tenho algumas dúvidas sobre até que ponto essa forma de punição será eficaz, pois se não for muito bem explicada terá pouco efeito prático e o racismo não vai diminuir. Por mais que eu queira acreditar nessas campanhas de conscientização, não consigo imaginar que alguém que pregue o ódio, deseje a morte do próximo vá se sensibilizar com essas campanhas. Racismo se combate com punições firmes, a justiça deve condenar e calar esses criminosos, para não deixar que voltemos aos tempos sombrios, que só quem passou e sofreou sabe o que é.

Vamos deixar a parte didática para as escolas, é muito importante conhecer o passado para não repetir os erros, porem no racismo em questão, os criminosos conhecem bem o passado, a ponto dos torcedores espalharem panfletos e adesivos como Foto-Montagem da adolescente Judia com a camisa da Roma e a frase “Anne Frank torce para Roma”.

Para esse tipo de gente campanhas de conscientização serão sempre inúteis, eles acreditam no ideal Nazista e não será pelo sentimento que vamos convencê-los do contrário. Infelizmente essa não é a primeira e não será a última atitude racista que vamos ver no futebol, pois é apenas o reflexo de uma sociedade cada vez mais intolerante, onde o sentimento de ódio cresce a cada dia. Não podemos tolerar e sim combater, deixemos Anne Frank descansar em paz e lutemos para que o erro não se repita.

 

Alam Moura