Muna Darweesh: Refugiada da Síria trouxe os sabores e as memórias árabes para o Brasil

Muna Darweesh chegou ao Brasil com a sua família após fugir da guerra na Síria e hoje vende comida árabe por encomenda

Por: Gabriela Sousa

Foto: Enviada por Muna

Muna Darweesh, é de Lattakia, na Síria. Formada em literatura e inglês, era professora, e seu marido é engenheiro naval. Hoje Muna é mãe de quatro filhos, mora em São Paulo – SP e é dona da Muna: Sabores & Memórias Árabes.

História de Muna

Desde 2011 a Síria vem sendo destruída pela guerra civil, então em 2013 Muna como toda mãe, que quer um futuro melhor e seguro para seus filhos, decidiu fugir da Síria, indo primeiro para o Egito e logo em seguida para o Brasil.

Para ela, vir para o Brasil seria mais fácil, pois o País havia aberto as portas para os refugiados sírios com visto, e assim eles iriam conseguir entrar legalmente e sem qualquer tipo de perigo para seus filhos. Mas, quando ela chegou, viu que não seria do jeito que havia imaginado, pois aqui ela teria que falar português e seu marido não conseguiu emprego em sua área, pelo mesmo motivo. “Nós chegamos no Brasil em um momento muito difícil, até para os próprios brasileiros. ”

Então por não conseguirem emprego, Muna começou a fazer doces e a vender às sextas-feiras em frente a Mesquita. “ Para mim foi um sucesso, pois muita gente comprava para ajudar.

Foto: Facebook/ Muna: Sabores & Memorias Árabes

Muna também começou a fazer marmitas árabes. Ela fazia suas vendas na hora do almoço no centro de São Paulo.

Foto: Facebook/ Muna: Sabores & Memorias Árabes

Atualmente ela faz buffet para eventos e festas, e por conta da grande demanda, ela parou de vender doces às sextas-feiras e se dedicou apenas ao Buffet.

Foto: Enviada por Muna.

Para Muna o começo foi bem difícil, por conta do idioma, para comprar ingredientes, em supermercados, ela não tinha muitos utensílios para fazer seu trabalho, então basicamente fazia tudo a mão. Mas agora tudo isso mudou, ela conseguiu seus equipamentos necessários, e agora consegue fazer seu trabalho da melhor forma possível.

Muna considera que seu trabalho aqui no Brasil foi um grande sucesso, pois ” os brasileiros gostam muito de comida árabe ”

Agora por conta da Pandemia, os eventos e festas foram cancelados e para conseguir sobreviver com a família, ela está aceitando encomendas pequenas, marmitas de comida árabe, bandeja de doces e salgados, tudo de acordo com o seu cardápio. Ela entrega em todas as regiões com cobrança do frete.

Mesmo passando por este momento difícil, Muna finaliza “ Primeiro desejo passar por essa quarentena e quando essa pandamia acabar, eu quero continuar com o meu trabalho, pois gosto muito do que eu faço. O caminho da vida não está fácil, mas com fé e esperança, irá dar tudo certo. ”

Para saber mais sobre o cardápio e fazer encomendas, segue seu contato a baixo:

Muna: Sabores & Memórias Árabes.

Telefone/ WhatsApp: (11) 95437-0682

Facebook: https://www.facebook.com/munacozinhaarabe/