Mês do Hip-Hop toma conta de SP com shows gratuitos

Evento tem cerca de 900 atividades em mais de 100 pontos de todas as regiões da cidade!

Fonte: Catraca Livre

Um dos destaques de março é o 16º Mês do Hip-Hop em São Paulo, que reúne cerca de 900 atividades em mais de 100 pontos de toda a cidade – tudo com entrada gratuita!

A abertura vai ser coisa fina! No dia 3, Gabi Nyarai, Laysa e a Beat Brasilis Orquestraacompanhada de Tássia Reis, Stefanie MC e Rincon Sapiência, se apresentam nada mais, nada menos que no Theatro Municipal de São Paulo!

mês hip-hop sp
Crédito: Divulgação
Tássia Reis, Thaíde e Rincon Sapiência são um dos destaques da programação de hip-hop em São Paulo

A crew de dança Discípulos do Ritmo também ocupa o palco mais importante da cidade com seu espetáculo que faz parte do projeto “Novos Modernistas”, que marca a reconexão do Municipal e de seu anexo, a Praça das Artes, com o caráter multicultural de São Paulo, já expresso lá na Semana de 1922.

Aproximando o centro da periferia e a periferia do centro, o Mês do Hip-Hop leva as principais e mais inovadoras manifestações artísticas da atualidade para dentro do Theatro, que em 2019 já foi palco de uma apresentação histórica do rapper Emicida durante o Mês da Consciência Negra.

Além da abertura no Municipal, o Mês do Hip-hop em São Paulo conta com uma força brutal do protagonismo feminino, que é bem marcante no movimento, e se destaca na programação.

No dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, a Casa de Cultura Hip-Hop Leste recebe diversas apresentações de artistas, como Flora Matos e o trio Odisseia das Flores.

Já no dia 15, Dina Di, primeira mulher que alcançou sucesso no rap brasileiro, é homenageada no Centro Cultural da Juventude, enquanto no dia 21, a rapper ganha outro tributo, desta vez na Casa de Cultura Hip-Hop Sul.

A programação do Mês do Hip-Hop inclui todos os quatro elementos que formam a base da cultura hip-hop: na música, o rap, com DJs e MCs; na dança, o break, com os b.boys e b.girls; e nas artes visuais, o graffiti.

Dentre os destaques de música, no universo do rap, estão os shows de Rincon Sapiência, dia 21, no Centro de Culturas Negras do Jabaquara; Flora Matos, na Casa de Cultura Vila Guilherme, dia 28; e Edi Rock, dia 28, na Casa de Cultura do Butantã.

Com o elemento do DJ, está a inédita discotecagem do rapper Thaíde, no Centro Cultural Olido, dia 13. O mesmo espaço, que desde 2019 tem se dedicado à arte urbana, Nelson Triunfo e Crew promovem, no dia 27, um baile de hip-hop Old School, com sucessos dos anos 1970 e 1980, apresentação que integra o projeto Happy Hour Olido. Falando em dança, Nelson Triunfo, uma das maiores referências do break no Brasil, também participa de um bate-papo na Biblioteca Mário de Andrade, no dia 17.

Além disso, dançarinos de rua de toda a cidade se encontram no Largo São Bento, berço do hip-hop brasileiro, dia 28; e, ao longo de todo o mês, dez bibliotecas recebem as b.girls do projeto B.Girls Plurais – Movimento Arte Plural Perus.

graffiti de Paulo Chavonga
Crédito: DivulgaçãoFuturo
Acrílico em Tela (60×80 cm)
Paulo Chavonga

Já o graffiti, que além de inúmeras oficinas e apresentações nos equipamentos da Prefeitura, tem destaque no Centro Cultural Vila Itororó, onde será produzida uma obra inédita do angolano Paulo Chavonga, no dia 5.

Vale ressaltar que o Museu de Arte de Rua (MAR), projeto da Secretaria Municipal de Cultura, já inaugurou um graffiti do artista Binho Ribeiro, no Largo São Bento, considerado o berço do hip-hop nacional.

O Mês do Hip-Hop também marca presença no Circuito Spcine, com sessões gratuitas, em diversas salas da Prefeitura, de dois filmes inéditos: “Nóis por Nóis”, de Aly Muritiba e Jandir Santin, e “Arte na Cidade”, de Onofre Bonesso Jr.

Demais, né? A programação completinha do Mês do Hip-Hop de São Paulo, que vai de 3 a 28 de março, em vários pontos da cidade, você confere abaixo:

Abertura do 16º Mês do Hip-Hop

Apresentações: Gabi Nyarai, Laysa, Beat Brasilis Orquestra convida Stefanie MC, Tassia Reis e Rincon Sapiência; e dança da crew Discípulos do Ritmo. O show integra o projeto Novos Modernistas, do Municipal.

| Theatro Municipal de São Paulo
| Dia 03/03, às 20h
| Grátis (retirar ingresso a partir das 18h; o teatro abre às 19h15)

B.girls em Bibliotecas

Belô e Deise (projeto B.Girls Plurais) levam seus passos de break a dez bibliotecas: Dia 04/03, às 15h, Biblioteca Paulo Sérgio Duarte Milliet; Dia 05/03, às 16h, Paulo Duarte; Dia 07/03, às 14h, Álvaro Guerra; Dia 11/03, às 10h, Adelpha Figueiredo; Dia 12/03, às 14h, Jamil Almansur Haddad; Dia 14/03, às 11h, Sylvia Orthof; Dia 18/03, às 14h, Menotti Del Picchia; Dia 19/03, às 10h30, Raul Bopp; Dia 21/03, às 14h, Mário Schenberg; Dia 26/03, às 10h, Biblioteca Milton Santos.

| De 04 a 26/03 (diversos horários)
| Grátis

Hip-hop: Largos São Bento e São Francisco

Apresentações: DJ Duck Jam, DJ Rebeka Jonn’z, Sumaki, Du Efex, AMARGEM, OZ Guarani, Lunna Rabetti, Max B.O, Realidade Cruel, Afrika Queens, Percubeat, DescolonizaSom e outros.

| Largos São Bento e São Francisco
| De 04 a 14/03, das 12h às 14h, das 17h às 19h
| Grátis

Graffiti: Vila Itororó

O grafiteiro angolano Paulo Chavonga tem obras expostas em diversos países, e realiza um graffiti especialmente concebido para o Centro Cultural Vila Itororó.

| Centro Cultural Vila Itororó
| Dia 05/03, às 18h
| Grátis

Mulheres do hip-hop

Apresentações: às 14h, Sarau Mulheriu Clã; às 15h, ROSE MC e Rubia RPW 30 anos; às 16h, Sharylaine; às 18h, Karol de Souza, às 19h, Kmila CDD (Cidade de Deus); às 20h, Lauren Priscila; às 21h, Flora Matos; e às 22h, Odisseia das Flores.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste
| Dia 08/03, das 14h às 23h
| Grátis

Thaíde

Apresentação de Thaíde, um dos pioneiros e mais completos artistas do hip hop nacional, que começou nos anos 1980 como b.boy.

| Centro Cultural Olido – Vitrine da Dança
| Dia 13/03, às 19h30
| Grátis

Psicopretas

Criado pela cantora e compositora Sistah Chilli, o projeto dá voz às rappers negras.

| Casa de Cultura de São Rafael
| Dia 14/03, às 19h
| Grátis

Especial Dina Di

Homenagem à primeira mulher que alcançou sucesso no rap brasileiro. Apresentações: DJs Simmone Lasdenas e Tati Laser; intervenções dos grafiteiros Gabriela Bruce, Chermie e Patricia Rizka; b.girl Potira (Deise Calaf); Batalha de Rimas Dominação; rappers Natt Maat, Rosa Luz, Zaiiah, Brisa Flow, Priscila Feniks, Marcia Rimação, Odisseia das Flores, Lunna Rabetti, D’Origem e Rap Pluz Size (RPS).

| Centro Cultual da Juventude
| Dia 15/03, às 18h30
| Grátis

Nelson Triunfo

Bate-papo com o dançarino pernambucano Nelson Triunfo, uma das maiores referências da dança de rua no Brasil.

| Biblioteca Mário de Andrade
| Dia 17/03, às 19h
| Grátis

Hip-hop no Coreto 

Local tradicional para apresentações de choro e samba, o Coreto da Bolsa recebe, em março, artistas do hip hop.

| Coreto da Bolsa
| Dias 19 e 26/3, das 18h às 21h
| Grátis

1º tributo a Dina Di

“Rainha, guerreira, mulher”: homenagem a Dina Di, considerada a primeira rapper feminina a alcançar sucesso no Brasil. Apresentações: Lauren, MCs Lakers (Código Fatal), Sandrão (RZO), Tribunal MCs, Função RHK, Tio Fresh, Consciência Humana, Brigada Sul, Du Conceito, Mano Mari, Hugo Brek, Dinho Do Gueto; DJs Simone Lasdenas, C.A, Da Goma SP e Siqueira; o break do IDM Crew, Detroit Breaking e convidados; e a arte do Graffiti Queens (Chermei). Apresentadoras: Mikaela Saymom e Rúbia (RPW).

| Casa de Cultura Hip Hop Sul
| Dia 21/03, das 13h às 21h
| Grátis

Batalha Grajaú rap city

Criada em 2017 no bairro do Grajaú, esta batalha de rimas tornou-se uma das maiores do Brasil, atraindo público superior a 3 mil pessoas.

| Centro Cultural do Grajaú
| Dias 21 e 28/03, das 14h às 22h
| Grátis

Detentos do rap + Filosofia de Rua + Ndee Naldinho

Apresentações: Detentos do Rap, grupo surgido no extinto presídio do Carandiru, em São Paulo, formado por Daniel Sancy, Maurício DTS e DJ Colina; MC Ndee Naldinho e grupo Filosofia de Rua.

| Casa de Cultura do Tremembé
| Dia 21/03, das 15h às 18h
| Grátis (não é necessário retirar ingresso)

Brisa Flow

A MC de ascendência chilena leva sua “voz da ancestralidade indígena” ao Mês do Hip Hop.

| Casa de Cultura de Campo Limpo
| Dia 21/03, às 17h
| Grátis

Gog convida Tio Evans

GOG mescla beats eletrônicos com contemporâneos. Nesta apresentação, recebe o beatmaker de trap, Tio Evans, da zona leste.

| Casa de Cultura de São Mateus
| Dia 21/03, às 18h

| Casa de Cultura de Itaim Paulista
| Dia 22/03, às 19h
| Grátis

Rincon Sapiência

Apresentação do rapper que tem mais de 20 anos de estrada.

| Centro de Culturas Negras do Jabaquara
| Dia 21/03, às 19h
| Grátis

Amiri + Lil Raff

Apresentações de Lil Raff (Raffa Moreira), um dos pioneiros do trap no Brasil e de Amiri.

| Casa de Cultura de Parelheiros
| Dia 21/03, às 20h
| Grátis

Prêmio Sabotage

Prêmio para artistas que se destacam no cenário do hip hop na cidade.

| Câmara Municipal de São Paulo
| Dia 23/03, às 19h
| Grátis

Flora Matos

Flora Matos canta faixas de seu álbum “Eletrocardiograma”.

| Casa de Cultura de Vila Guilherme – Casarão
| Dia 28/03, às 20h
| Grátis

Mc Marechal

Apresentação de MC Marechal, considerado um dos pioneiros no estilo freestyle.

| Casa de Cultura Hip Hop Leste
| Dia 28/03, às 21h

| Casa de Cultura Hip Hop de Perus
| Dia 29/03, às 21h

| Grátis

Hostepper Sisterhood

Apresentação da academia de dança urbana, cuja se se encontra na Dinamarca.

| Casa de Cultura Raul Seixas
| Dia 29/03, às 16h
| Grátis

São bento: berço do hip-hop

Berço do hip hop em São Paulo, o entorno da estação São Bento do metrô recebe, mensalmente, no último sábado do mês, artistas de break, graffiti, MCs e muita discotecagem.

| Largo São Bento. Dia 28/03, diversos horários
| Grátis

Centro Cultural Olido: Destaques

Happy Hour Tiago Frugoli Trio feat Lurdez da Luz e Sono
Sexta-feira, 6 de março⋅18h até 21h

Sabadão Olido com Coletivo Bandida
Domingo, 8 de março⋅16h até 21h

Celebração Dia Internacional do DJ (Sindicato dos DJs)
Segunda-feira, 9 de março, 18h às 21h

Live Olido Brisa Flow + VJ Tupicayna
Quinta-feira, 12 de março 20h até 21h

Sabadão Olido com Super Punch Sessions
Sábado, 14 de março⋅16h até 21h

Teatro: BLACK BRECHT: E SE BRECHT FOSSE NEGRO
Sexta-feira, 20 de março⋅20h até 21h

BLACK BRECHT: E SE BRECHT FOSSE NEGRO
Sábado, 21 de março⋅20h até 21h

BLACK BRECHT: E SE BRECHT FOSSE NEGRO
Domingo, 22 de março⋅19h até 20h

Happy Hour Nelsão Triunfo e Crew
Sexta-feira, 27 de março⋅17h até 21j

Circuito Spcine

NÓIS POR NÓIS
Cine Olido
06/03 às 19h

CFC Cidade Tiradentes
07/03 às 19h

ARTE NA CIDADE
Cine Olido
14/03 às 19h30

CEU Perus
15/03 às 16h

CFC Cidade Tiradentes
15/03 às 17h | 22/03 às 17h

CEU Jaçanã
18/03 às 17h

CEU Três Lagos
19/03 às 19h30

CEU Caminho do Mar
22/03 às 16h

CEU Parque Veredas
22/03 às 16h

CEU Meninos
25/03 às 17h

CEU Quinta do Sol
26/03 às 17h

CEU Aricanduva
29/03 às 16h

CEU Jambeiro
29/03 às 16h

CEU Butantã
01/04 às 19h30

CEU Vila do Sol
05/04 às 16h

CEU São Rafael
05/04 às 16h

CEU Feitiço da Vila
08/04 às 17h

CEU Vila Atlântica
08/04 às 19h30

Ufa! O Mês do Hip-Hop tá pesadão, hein? Bora pra rua!

Datas e horários: Até 27/MARÇO em diversos horários.

Local: Em diversas regiões de SP.