Lula cobra Exército no combate aos incêndios no Pantanal e diz que Salles não tem caráter

Para ex-presidente, impacto das queimadas é mais grave porque Bolsonaro desmontou todas as políticas de combate e prevenção

Fonte: Revista Fórum

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (15) que o problema dos incêndios no Pantanal “não é só da responsabilidade do Bolsonaro”, mas destacou que “a gravidade do incêndio passa a ser da irresponsabilidade do Bolsonaro”. Em entrevista ao DCM, Lula também cobrou a participação das Forças Armadas no combate aos incêndios e disse que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é “um cidadão descaracterizado de caráter”.

“Você tem uma parte do fogo que pode ser da natureza”, disse Lula, citando as alterações climáticas, o calor e os incêndios em outras partes do mundo. “Você tem uma parte provocada por pessoas que queiram fazer uma certa rapinagem nas terras”, reconheceu o presidente, sobre os interesses de fazendeiros da região em transformar áreas do bioma em terras para a produção agrícola ou pecuária.

“O dado concreto é que o governo tem se mostrado muito incompetente no trato dessas coisas. Por que que o governo não usa as Forças Armadas? Com muito mais gente, já que não temos guerra com ninguém. Por que não estão lá os nossos 50 mil, 60 mil soldados no Pantanal, na Amazônia, em qualquer lugar que está pegando fogo para tentar diminuir”, cobrou o ex-presidente.

Lula afirmou ainda que o governo Bolsonaro desmontou todos os mecanismos para controle de incêndio e a criação de política preventiva implementados nas gestões do PT.

“O Brasil estava se preparando, a partir das informações da Inpe, e a primeira coisa que eles fizeram foi mandar o senhor do Inpe embora. Foi tentar descaracterizar e desmoralizar uma instituição poderosa e de muita credibilidade internacional. Foi desmontar o Ibama. Ele [Bolsonaro] trabalhou para desmontar tudo”, completou.

“Aquele ministro do Ambiente dele [Ricardo Salles], é um cidadão descaracterizado de caráter. Ele não tem respeito pela natureza. Ele não tem respeito pelo índios. Ele não tem respeito pelo negros. Ele não tem respeito pelas matas, pelas florestas”, continuou Lula. “É preciso que a gente diga que o incêndio não é só da responsabilidade do Bolsonaro, mas a gravidade do incêndio passa a ser da irresponsabilidade do Bolsonaro”, resumiu.

“Eu não estou culpando o presidente Bolsonaro, mas estou culpando a responsabilidade dele de evitar que se torne tão grave quanto está se tornando. As Forças Armadas têm pessoas para tomar conta disso, o Ibama já esteve mais preparado. Em cada estado, a Defesa Civil já esteve mais preparada, mas, se desmonta financeiramente as instituições, se você quebra contrato dessas instituições, eles ficam acéfalos, quase que abandonados”, finalizou o ex-presidente.

Este post foi modificado pela última vez em 15 set 2020 – 13:12 13:12