Implicantes: A primeira cervejaria fundada e administrada por negros no Brasil

Em meio a onda obscurantista, uma cervejaria fundada e administrada por negros mostra a importância da representatividade na luta contra o racismo, preconceito, a desigualdade e a violência.

Por: Alam Moura e Gabriela Sousa

Se em novembro de 2018, vinte dias após a eleição do atual Presidente e com todos os indicadores do que seria o Brasil nos próximos anos, se alguém lhe propusesse abrir um negócio, uma cervejaria, e investir em um mercado que para muitos estava saturado, você aceitaria?

Bom, talvez se você for um homem branco conservador e capitalista na essência com certeza o faria, porém, nesse caso quem aceitou e encarou o desafio não foi nenhum magnata ou um “meritocrata” da classe média alta, mas três homens negros que com muito esforço, alguns anos de economia não só encararam o desafio de entrar em um ramo tão concorrido e exigente como é o mercado cervejeiro, mas foram além, com uma proposta de levar a bandeira antirracista e qualquer tipo de preconceito. É a Cervejaria Implicantes, a primeira cervejaria fundada e administrada por negros no Brasil.

Fundada em Porto Alegre (RS) pelos irmãos Diego e Daniel Dias, que conta também com a participação do primo Thiago Rosário, a Implicantes teve sua inauguração no dia 20 de novembro de 2018, dia da Consciência Negra.

Esse diferencial da Cervejaria Implicantes, um oásis em um mercado tão concorrido e muitas vezes segregado em vários segmentos, para Thiago, que conversou com O Proseador é, ao mesmo tempo motivo de orgulho, mas também uma grande responsabilidade levar consigo essa causa;

“Para mim é bem gratificante, uma honra e uma responsabilidade total por ser o primeiro negro a abrir uma empresa cervejeira no Brasil, e ainda trabalhar com uma causa, por uma luta contra o racismo e contra qualquer tipo de preconceito. Então eu me sinto honrado e também com um certo peso de responsabilidade para fazer a coisa certa porque o negro sempre vai ser mais perseguido e mais argumentado e questionado em qualquer ramo. Sempre vai ser mais duvidado para ver se tem capacidade de estar naquela área, por isso para nós é uma honra mesmo e uma responsabilidade bem forte. Mas é um sentimento de glória e de vitória também”.

No Brasil já é sabido todos os obstáculos existentes para quem é microempreendedor e também sabemos o quanto a vida é difícil para os negros, é uma luta diária todos os dias, enfrentando o racismo, preconceito, a desigualdade e a violência, tendo isso claro, não é difícil imaginar que essas dificuldades se potencializam quando uma empresa como a Cervejaria Implicantes procura fazer algo diferente do que está ai, por isso a luta faz parte da rotina da Implicantes;

Foto; Implicantes

“Ser microempreendedor no Brasil já é difícil pra caramba, ainda mais sendo negro e pior ainda porque a gente é muito questionado, perseguido para ver se a gente tem capacidade ou não. No Brasil o microempreendedor não tem muitas vantagens, é imposto que não ajuda, muitas vantagens que fica para os grandes, o governo não ajuda ao microempreendedor. […] Somos de família pobre a gente conseguiu arrecadar uma certa quantia devido as nossas antigas empresas para abrir esse negócio, mas são muitos obstáculos, principalmente voltado ao nicho do mercado, na nossa cidade o pessoal é bem conservador, não abre muito as portas para o pequeno e novo empreendedor e realmente o estado não ajuda muito, não te passa vantagens, é tudo caro no Brasil, principalmente referente ao imposto, isso é uma dificuldade imensa”.

A Cervejaria Implicantes iniciou suas atividades em novembro de 2018, um mês após a eleições, e nada mais emblemático do que em menos de um mês pós a eleição de um Governo de extrema direita inaugure em Porto Alegre uma Cervejaria que carrega em sua essência bandeiras e causas sociais, um ato de resistência, de persistência, mas acima de tudo coragem, para suportar não só a crise econômica, mas os ataques de um exército do ódio nas redes sociais

“A gente abriu a fábrica bem em 2018, quando teve a mudança de governo e a ascensão da direita, para nós está sendo uma dificuldade desde o início, então esse é um dos motivos que nos bloqueia muito. Por causa desse governo e da mentalidade das pessoas a gente é muito atacado, muito questionado. […] É bem complicado porque os ataques não são de agora já acontecem desde quando a gente abriu, mas foram nesses últimos dias que foi mais escancarado e mais pesado e isso é bem complicado, principalmente nessa época que a gente vive no Brasil com certas mentalidades e chefias que a gente tem aí no nosso governo”.

Os ataques no qual Thiago se refere, foi após uma postagem nas redes sociais referente ao financiamento coletivo, que você pode conferir no Link abaixo, que desencadeou uma serie de comentários racistas o que só fez confirmar a importância da existência de uma empresa com o perfil da Cervejaria Implicantes assumindo uma postura na linha de frente antirracista.

View this post on Instagram

Uma simples publicação de apoio por parte da namorada de um dos sócios da cervejaria desencadeou uma avalanche de comentários extremamente racistas disseminando o ódio de forma gratuita. Como muitos sabem, somos uma fábrica cervejeira de pequeno porte. Não somos um bar. Não há aglomeração de pessoas. . A única menção de cunho racial na postagem foi a de que somos a primeira Fábrica Cervejeira administrada por negros no Brasil. Aqui, parece ser necessário frisar que o fato de sermos a primeira fábrica cervejeira negra não é dito para fins meramente comerciais, nem para vender apenas para pessoas negras. A intenção é que o Povo Preto saiba que eles estão sendo representados neste mercado que até ontem era majoritariamente branco. . Para os que não conhecem a Implicantes, nós fazemos homenagens a personalidades negras de grande importância histórica, mas que, em decorrência do racismo estrutural, não possuem o devido reconhecimento. . A nossa empresa está com um financiamento coletivo pelo site bit.ly/vaquinhaimplicantes, onde há maiores informações sobre o projeto. A postagem aqui mencionada apenas pedia apoio para que as pessoas contribuíssem, se pudessem, ou compartilhassem o site. Notamos que muitos ficaram confusos com os valores e a retribuição correspondente. Como já dito, trata-se de um financiamento coletivo e a retribuição é apenas um reconhecimento da cervejaria para seus colaboradores. Não é uma venda direta para consumidor. . Por causa dos ataques à postagem, o Facebook, de forma incompreensível, havia retirado a publicação do ar e restringido a conta de quem postou. Após um tempo, a postagem retornou e os ataques continuaram, havendo manifestações extremamente ofensivas direcionados não só a quem publicou mas também a sua família. . Além disso, os ataques começaram a ser direcionados também às redes sociais da IMPLICANTES, fazendo avaliações e comentários negativos. No entanto, muitos IMPLICANTES mandaram mensagens de apoio, reconhecimento e solidariedade, o que faz acreditarmos que estamos no caminho certo. Além disso, o ódio que foi destilado apenas confirmou a necessidade de continuarmos implicando e trazendo cada vez mais representatividade. ✊🏿

A post shared by Implicantes (@implicantesmc) on

Embora muitas coisas tenham mudado, e algumas estejam em processo de mudança, quando falamos em publicidade e produtos no mercado Cervejeiro, a propaganda ainda está voltada para o público masculino, porém a Cervejaria Implicantes vai na contramão desse estereótipo do “homem cervejeiro”, segundo Thiago a Implicantes faz questão não apenas de abrir as portas, mas colocar a mulher como destaque, não só em eventos realizados regularmente (que estão suspenso devido a pandemia) mas também homenageando algumas figuras históricas:

“…a nossa cervejaria luta muito contra o preconceito, racismo e contra qualquer tipo de discriminação, a gente luta, apoia e dá muito espaço também para a mulher na nossa cervejaria. […]  Já fizemos muitos eventos da cultura negra, de mulheres negras, contra o feminicídio, contra o machismo no Brasil, a gente sempre abriu as portas e já tivemos muitas palestras e saraus aqui referente a isso. […] Como nos nossos rótulos a gente faz homenagens a personalidades negras tem muitos rótulos voltados a mulher, a Maria Firmina, Ruth de Souza, também vamos fazer da Ângela Davis, porque a gente quer lutar contra qualquer discriminação, claro que tem muito preconceito e muito racismo no Brasil e a mulher é muito perseguida, e o que a gente puder ajudar e abrir espaço para isso a gente vai fazer”.

Eu sei que a pandemia está afetando a todos, mas você sabe que no Brasil infelizmente alguns sempre são mais atingidos e afetados que outros e a gente faz parte do grupo que está sendo muito afetado pela pandemia, muito mesmo.

Foto; Implicantes

Por conta da Pandemia do novo Covid-19, estamos vivendo um momento de grandes incertezas e para a Cervejaria Implicantes não está sendo diferente, com tanto tempo parado e a impossibilidade de realizar eventos, que era o grande motor da Cervejaria, a Implicantes criou o financiamento coletivo que vai até o dia 21 de agosto;

“Sobre a Pandemia, é uma coisa meio que obvia, a gente é pequeno empreendedor, abrimos há um ano e meio, para nos está sendo horrível a pandemia e a crise. Eu sei que a pandemia está afetando a todos, mas você sabe que no Brasil infelizmente alguns sempre são mais atingidos e afetados que outros e a gente faz parte do grupo que está sendo muito afetado pela pandemia, muito mesmo. Criamos esse financiamento coletivo para não cair na falência e investir na fábrica. Por que o forte da nossa cervejaria sempre foi evento, aluguel de choperias, barril para Pub, restaurantes, casa de festas e qualquer tipo, e a gente participava de muitos eventos de rua também na nossa região e devido a pandemia não tem mais, foram todos cancelados por conta das aglomerações e é claro que a saúde vem em primeiro lugar. […] A gente está com fé agora que atingindo a nossa meta no financiamento coletivo a gente vai conseguir manter a fábrica por mais um ano e investir nela para atender a todas as regiões do Brasil, pois a gente tem esse potencial, tem muita gente querendo em várias partes do Brasil a nossa cerveja e o nosso conceito, mas devido a nossa situação financeira a gente ainda não tem como atender a todos”.

Para contribuir com o projeto de financiamento coletivo “IMPLICANTES LADO A LADO – Mantendo o legado da Implicância”, basta acessar a página da Implicantes no site da Benfeitoria e escolher o valor da contribuição